Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

9 - Alerta em relação a alienígenas Stephen Hawking voltou a fazer recentemente uma declaração contundente sobre a possibilidade de vida inteligente em outros planetas.  Hawking chamou a atenção da humanidade para a possibilidade de contatos com civilizações extraterrestres. Conforme o pesquisador, a humanidade deve ficar focada na busca de vida extraterrestre para ganhar tempo no sentido de desenvolver sistemas de defesa da Terra e seus habitantes.

Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

O astrofísico britânico Stephen Hawking, de 74 anos, sempre é alvo de holofotes quando marca presença em eventos. Destaque na mídia internacional em razão de suas contundentes teorias, opiniões e expectativas, Hawking não é apenas um dos físicos mais geniais de todos os tempos, mas uma pessoa admirada pela sua inteligência e ainda por muitos estudos singulares na área da Ciência.

Stephen William Hawking nasceu saudável em Oxford, na Inglaterra, em 9 de janeiro de 1942 – no exato aniversário de 300 anos da morte de Galileu Galilei. O pai era médico, a mãe formada em filosofia, e o pequeno Stephen era o caçula de quatro irmãos.

A doença
Quando tinha apenas 21 anos, ele foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica. A doença foi, paulatinamente, paralisando seus músculos de modo que, depois de quase 50 anos de diagnóstico, ele já não tem domínio sobre o próprio corpo.Apesar do grave problema de saúde, Hawking nunca deixou de estudar, é doutor em Física, casou-se, tem três filhos e um neto e já recebeu diversos prêmios na área científica, além de ser referência quando o assunto é Física e Cosmologia.

Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

Livro/30 idiomas e 10 milhões de exemplares vendidos

Em 1988, veio o grande momento de sua carreira. O físico publicou Uma Breve História do Tempo, livro que fala sobre a origem do Universo. Apesar do tema complexo, Hawking tentou escrever em linguagem simples, para leigos. Deu certo: o livro se tornou um sucesso gigantesco, vendeu 10 milhões de cópias e foi traduzido em mais de 30 idiomas. E Stephen Hawking virou o cientista mais famoso do mundo.

10 curiosidades a respeito desse grande cientista britânico

1 – Com nove anos, pior aluno da turma
Parece contraditório dizer que uma das pessoas mais inteligentes de todos os tempos era um estudante preguiçoso, mas é verdade. Quando tinha 9 anos, ele foi considerado o pior aluno da turma.  Apesar disso, sempre demonstrou interesse pelas coisas, fundamentalmente em descobrir como elas funcionavam de fato.

2 – Remo em Oxford
Antes de ter sua doença diagnosticada, Hawking integrou uma equipe de remo em Oxford, o que acabou de vez com a impopularidade do estudante quietinho de Física. O lado ruim é que, uma vez popular, seus hábitos de estudo começaram a diminuir, já que ele treinava seis tardes por semana.

3 – Teoria do Universo Ilimitado
Uma de suas mais importantes conclusões científicas está relacionada à teoria de que o Universo é ilimitado. Para explicar isso, Hawking usa como exemplo a própria Terra que, se imaginada em sua forma, não apresenta um começo ou um fim – é tudo uma coisa só. A única diferença é que o nosso planeta é tridimensional, enquanto o Universo se apresenta em 4D.Outra teoria a respeito do Universo sem limites é a que relaciona tempo e espaço. Nesse caso, podemos fazer a mesma comparação com a Terra, mas pensando agora em tempo. Einstein já mostrou que tempo e espaço são relativos, mas alguns físicos já conseguiram provar que o Universo está em expansão, o que pode afetar o tempo como um todo. Intrigante?

Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

 

 

 

 

 

 

4 – Ganhou vários prêmios

Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

No ano de 1974, Hawking passou ser membro da Academia Real de Ciência, criada em 1660. Um ano depois, recebeu das mãos do papa uma medalha de ouro em homenagem aos seus estudos científicos. Além disso, foi o ganhador do Prêmio Albert Einstein.Seu sucesso como pesquisador lhe rendeu um cargo de professor de Matemática na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, posição que ele ocupou por 30 anos. Em 1980 ele foi nomeado comandante do Império Britânico, cargo que é apenas um nível abaixo da condecoração de cavaleiro. Em 2009, recebeu das mãos do presidente Barack Obama uma medalha de liberdade, a mais alta honraria civil concedida pelos EUA. Muitas pessoas acreditam que ele ainda vai ganhar um Nobel.

5 – Autor de livros infantis
Essa é uma das atividades mais surpreendentes do astrofísico britânico. Poucas pessoas sabem, mas Hawking, com a ajuda de sua filha Lucy, colaboraram com a escrita do livro infantil “George’s Secret Key to the Universe” que, em uma tradução livre, seria “A chave secreta de George para o Universo”. O livro propõe explicar às crianças alguns conceitos importantes da Ciência e, nesse sentido, nenhuma ajuda poderia ser melhor do que a de Hawking.

6 – Acredita ser possível a existência de alienígenas
Não é de se surpreender que, depois de todo o seu estudo a respeito do Universo, Hawking seja frequentemente indagado a respeito de vida extraterrestre, e foi durante o aniversário de 50 anos da NASA, em 2008, que ele declarou acreditar na possibilidade de vida em outros planetas além da Terra.

Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

Conheça um pouco mais sobre a vida do cientista Stephen Hawking

 

 

 

 

 

 

7 – Experimentou a gravidade zero

Em 2007, Hawking experimentou os efeitos da gravidade zero e, pela primeira vez em décadas, conseguiu sair por alguns instantes de sua cadeira de rodas e até mesmo praticar alguns exercícios. 9 - Alerta em relação a alienígenas Stephen Hawking voltou a fazer recentemente uma declaração contundente sobre a possibilidade de vida inteligente em outros planetas.  Hawking chamou a atenção da humanidade para a possibilidade de contatos com civilizações extraterrestres. Conforme o pesquisador, a humanidade deve ficar focada na busca de vida extraterrestre para ganhar tempo no sentido de desenvolver sistemas de defesa da Terra e seus habitantes. Sua vontade de experimentar esse tipo de efeito ia além da óbvia paixão pelo Universo: ele queria incentivar o aumento de viagens espaciais, bem como a sua acessibilidade. Segundo ele, é importante que os homens possam logo viajar de um planeta para outro, pois no futuro isso pode garantir a sobrevivência da Terra.

8 – Parceria para encontrar vida extraterrestre inteligente
O astrofísico britânico Stephen Hawking e o empresário russo Yuri Milner firmaram, em meados de 2015, parceria para realizar projeto de 10 anos,com custo de 100 milhões de dólares, para encontrar vida inteligente extraterrestre.O cientista e o investidor explicaram que o projeto, batizado de “Breakthrough Listen” (clique aqui e veja vídeo), envolve a construção de dois radiotelescópios, um na Austrália e outro nos EUA, para analisar dados vindos do espaço. Além disso, Hawking e Milner oferecerão um prêmio de US$ 1 milhão para quem conseguir encontrar provas de vida inteligente fora da Terra. “Não há pergunta maior. É hora de se comprometer a encontrar a resposta para a busca da vida além da Terra. Nós somos vida, nós somos inteligentes, nós temos que saber”, disse.

9 – Alerta em relação a alienígenas
Stephen Hawking voltou a fazer recentemente uma declaração contundente sobre a possibilidade de vida inteligente em outros planetas. Hawking chamou a atenção da humanidade para a possibilidade de contatos com civilizações extraterrestres. Conforme o pesquisador, a humanidade deve ficar focada na busca de vida extraterrestre para ganhar tempo no sentido de desenvolver sistemas de defesa da Terra e seus habitantes.

Esta entrada foi publicada em Astrofísica, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta