Explosão de raios gama pode acabar com toda a vida na Terra

Nem meteoro e nem doenças devastadoras. O fim da humanidade na Terra pode acontecer através de um raio gigantesco. Isso é o que propõe estudo divulgado pela revista Physical Review Letters, que afirma que explosões de raio gama na Via Láctea há milhões de anos provocaram extinções em massa no planeta. E elas podem voltar a acontecer.
Esse tipo de explosão acontece através de radiação eletromagnética que emite tanta energia quanto o Sol é capaz. O surgimento pode acontecer de diversas formas, mas é mais comum quando vindo de colisões entre estrelas mortas u hipernovas. Com tamanha capacidade de energia, essas explosões percorrem milhões de anos-luz.

O estudo divulgado pela Physical Review Letters afirma também que esse tipo de pesquisa pode explicar o paradoxo de Fermi, a aparente contradição entre a alta probabilidade de existir vida terreste e a falta de evidência dela. Os pesquisadores, porém, não entraram em mais detalhes sobre essa questão.

Explosão de raios gama pode acabar com toda a vida na Terra

Explosão de raios gama pode acabar com toda a vida na Terra

Se um tipo de explosão desses voltar a acontecer na Via Láctea as consequências seriam desastrosas para a Terra. Mesmo que o centro do desastre ocorresse a milhares de anos-luz, a radiação seria tão forte que poderia destruir a camada de ozônio e penetrar a atmosfera terrestre, causando destruição em todas as formas de vida.

Esta entrada foi publicada em Astrofísica. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta