Reconhecimento do Céu(PARTE 1)

Reconhecimento do Céu(PARTE 1) : Indentificando constelações Para um bom começo é preciso saber identificar as constelações, então vamos lá. Oque são constelações ? Constelações são agrupamentos aparentes de estrelas os quais os astrônomos da antiguidade imaginaram formar figuras de pessoas, animais ou objetos. Numa noite escura, pode-se ver entre 1000 e 1500 estrelas, sendo que cada estrela pertence a alguma constelação. As constelações nos ajudam a separar o céu em porções menores, mas identificá-las é em geral muito difícil, mas não impossivel algumas constelações são muito facies de ser reconhecidas como Órion, e Cruzeiro sul .. mas vamos lá , começar nossa jornada para desvendar esse céu lindo que temos. astronomia.Todo intusiasta sonha em conhecer cada pedacinho do céu. E hoje muitos recursos tornam isso possivel, com a tecnologia vários softwares foram desenvolvidos com esse propósito como o Stellarium, muito utilizado entre astronomos (também consta no nosso banco de dados para dowload) Celestia, Word Wind etc.
Mas o mais importante mesmo é você saber reconhecer nosso céu .. localizar constelações, estrelas gigantes, ou planetas.
E tudo começa com um primeiro passo, sendo assim o primeiro passo para Reconhecer o Céu … é saber onde estão e quais são as constelações que podem ser vistas do nosso continente, a América do Sul. Sendo assim lá vai a listinha.
NO HEMISFÉRIO SUL, podes encontrar: Máquina-Pneumática, Ave-do-Paraíso, A Águia, O Altar, Cinzel, Cão Maior, Quilha, Centauro, Baleia, Camaleão, Compasso, Pomba, Coroa Austral, Corvo, Taça, Cruzeiro do Sul, Espadarte, Erídano, Fornalha, Grou, Relógio, Hidra Fémea, Hidra Macho, Índio, Lebre, Lobo, Montanha da Mesa, Microscópio, Unicórnio, Mosca, Régua, Octante, Serpentário, Orionte, Pavão, Fénix, Pintor, Peixe Austral, Popa (Ré), Bússola, Retículo, Escultor, Escudo de Sobieski, Serpente, Sextante. Telescópio, Triângulo Austral, Tucano, Vela e Peixe Voador.
Sendo assim …. Agora é só indentificar em que época do ano ela se torna vísivel e estudar!.
Lembrando que para se tornar um expert em reconhecer o céu é necessário muito mais do que conhecer as constelações, por isso aguardem para ler a PARTE 2 desse mini manual de reconhecimento celeste.

Esta entrada foi publicada em Astronomia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta